Mostrar Aviso
Compartilhe:

Trabalho em Equipe – Enfrentando os desafios como um time

O trabalho em equipe é essencial para que uma empresa consiga se estruturar e atingir seus principais objetivos, como o crescimento acelerado e a qualidade de prestação de serviços. Mas existem muitos desafios normais para o trabalho em equipe e que precisam ser analisados dia-a-dia pelo gestor e por todos os demais membros do time. 

No texto de hoje, separamos os principais desafios que uma empresa enfrenta no trabalho em equipe e como eles podem ser solucionados com a participação de todos e, claro, de quem comanda o negócio! Veja abaixo!

Os principais desafios do trabalho em equipe!

Separamos abaixo os principais desafios que você pode ter ao trabalhar em equipe e muitos daqueles que seu time pode apresentar e você não perceber – ou não dar a devida importância. Veja!

1- Falta de confiança na equipe

Muita gente, ao trabalhar em equipe, sente um pouco de falta de confiança no seu time. Isso faz com que seja comum que a equipe esteja desconectada, com pouca interação e com dificuldade para realizar o trabalho de maneira mais eficiente. 

Esse problema, que muitas vezes é silencioso, precisa ser driblado com bastante conversa, cuidado e observação por parte do gestor. Alguns passos podem ajudar:

  • Converse com a equipe sobre os seus membros. Chame um a um para uma conversa mais intimista e pergunte sobre os colegas e a interação entre eles. Com esse tipo de ação, fica mais fácil identificar os possíveis problemas e melhorar a comunicação como um todo. 
  • Veja o que pode ser feito para unir a equipe. Reuniões semanais, incentivos, apoio para que o trabalho flua melhor, etc. Uma equipe unida trabalha bem melhor e isso estimula a confiança entre os colegas. 

2- Falta de comprometimento de alguns membros do time

Se alguém do seu time parece descomprometido, isso vai ser mais difícil de observar quando há uma equipe grande realizando os trabalhos – individualmente falando, pode ser mais complicado fazer essa avaliação. 

Aqui, é importante saber conversar com a equipe para que ela mesma passe o feedback necessário do seu time, sem que isso gere um desconforto entre todos. Por esse motivo, as reuniões individuais que citamos acima são essenciais e vão ajudar a equipe a se sentir à vontade para falar o que precisa de ajustes no time. 

A falta de comprometimento é um problema gigantesco e pode afetar a equipe toda, que se sente desmotivada em ver alguns colaboradores menos empenhados, sem que isso gere consequências. Você precisa estar atento para que todos estejam na mesma frequência, evitando que o time todo se prejudique por causa de poucos. 

Entre os principais problemas que a falta de comprometimento gera, estão:

  • Resultados muito mais lentos. 
  • Equipe desmotivada, sem energia para agir.
  • Problemas de comunicação entre o time.
  • Problemas de confiança entre a equipe e a gestão. 

Além dos pontos acima, vale dizer que a falta de comprometimento também pode acontecer por vários fatores e o mais comum é o espaço reduzido que a equipe tem para opinar em relação às decisões dos gestores. 

Como líder, você deve dar abertura para que seus funcionários opinem, para que, assim, eles sintam o desejo de fazer parte dos resultados. Quando não há essa abertura, os funcionários passam a não se importar com o que acontece na empresa, gerando a falta de comprometimento por parte de uns. 

Então, cabe também ao gestor evitar que essa postura se instale, não apenas trazendo consequências para a equipe que não se compromete, mas muito mais oferecendo bons motivos para que esse comprometimento aconteça de maneira natural, sem que haja uma imposição. 

3- Conflitos entre a equipe

O trabalho em equipe pode gerar problemas de conflito entre os seus membros, afinal, lidar com pessoas sempre será algo complicado e que irá exigir cuidado redobrado quando o número de colaboradores aumenta. 

Como gestor, você deve ser a pessoa que lida com os conflitos e evita que eles aconteçam – e nunca a pessoa que gera os problemas. E quais são os principais geradores de conflito? Vamos lá!

  • Injustiça: Quando um funcionário se sente injustiçado perante outro membro da equipe, seja porque existe uma preferência clara da gestão ou porque há uma má administração que não enxerga esse tratamento diferenciado. As injustiças precisam ser corrigidas para que os conflitos diminuam ou acabem completamente. 
  • Excesso de trabalho: Se o ambiente de trabalho é exaustivo, estressante e não oferece qualidade para o funcionário, os conflitos começam a se tornar inevitáveis porque a equipe está emocionalmente instável. Então, não sobrecarregue as pessoas que trabalham na sua empresa e organize o trabalho para que ele seja adequado para todos. 
  • Intimidade pessoal: Outro ponto gerador de conflito entre a equipe são as relações pessoais que se formam no trabalho. Obviamente, você não pode proibir que os funcionários tenham uma relação fora do ambiente de trabalho, porém, é preciso que haja uma separação muito clara entre a empresa e o que acontece em outros locais. Quando os funcionários misturam demais as coisas, os conflitos pessoais passam a se tornar presentes no dia-a-dia do trabalho e isso nunca será bom para o negócio. 

Esses são os principais ingredientes que podem gerar problemas de conflito na sua empresa. Tente lidar com eles da melhor maneira possível, sempre buscando o profissionalismo e a excelência no atendimento ao seu cliente. Lembre-se: Equipe fragilizada gera um atendimento ruim! 

Gostou das dicas de hoje? Compartilhe o texto nas redes sociais com seus amigos e familiares. Até a próxima!

Fale com o consultor, é grátis :)