Mostrar Aviso
Compartilhe:

O que é planejamento tributário e para que ele serve?

O planejamento tributário é algo que poucas empresas conhecem a fundo a sua importância e que acreditam, até mesmo, se tratar de um luxo do qual elas não precisam, especialmente se estão no começo de suas atividades. Mas, a realidade é que o planejamento tributário costuma ser um excelente negócio a curto, médio e longo prazo, garantindo à empresa a possibilidade de economizar muito e rever seus impostos de maneira legal.

Abaixo, separamos as principais vantagens do planejamento tributário e trouxemos uma explicação objetiva do que ele é na prática. Veja!

Afinal, o que é Planejamento Tributário?

O Planejamento Tributário é, como o nome diz, um planejamento que envolve os tributos que uma empresa paga. Ele visa diminuir esse valor pago anualmente e otimizar a forma como isso é feito. Ter um contador especialista em planejamento tributário na sua empresa é fundamental para garantir que o seu negócio possa encontrar soluções para inúmeros problemas nessa área – e até consiga economizar muito!

Abaixo, trouxemos as principais vantagens de começar hoje mesmo um planejamento tributário profissional na sua empresa. Veja!

1- Te ajudar a diminuir a carga tributária

Uma das vantagens do planejamento tributário, sem dúvidas, é te ajudar a diminuir a carga tributária. E como isso é feito? Basicamente, o contador vai observar tudo que envolve os impostos, especialmente o enquadramento tributário do negócio.

Em muitos casos, o que costuma acontecer é que a empresa foi enquadrada em um regime tributário que não a beneficia e que faz com que ela pague muito mais impostos do que deveria se estivesse em um regime correto.

Quando algo assim acontece, o contador irá fazer um reforma completa na empresa, garantindo que ela consiga economizar – e muito – na hora de pagar os impostos. Então, a primeira grande vantagem do planejamento tributário é fazer com que o seu negócio fique enquadrado corretamente e, com isso, possa diminuir a carga tributária de maneira totalmente legal e dentro do que se espera.

Se você tem dúvidas sobre o seu enquadramento tributário, procure o quanto antes um contador especializado e peça para que ele faça essa análise em relação a isso. Existem casos onde a contabilidade foi acionada apenas para burocracias simples, tornando esse tipo de reparação mais difícil, por esse motivo, vale sempre a pena ter um contador contratado mensalmente para te ajudar.

2- Garantir uma melhor assertividade nas escolhas tributárias

Algumas empresas acabam errando na hora de fazer certas escolhas. Um bom exemplo disso é a retirada de um pró-labore em valor muito alto para o empreendedor. Quando se tem apenas um sócio que irá ficar com os lucros totais, não há necessidade de um pró-labore mensal alto, que possui inúmeros impostos que devem ser pagos, como INSS e Imposto de Renda.

Como os lucros são livres de tributos, é muito mais vantajoso se planejar para fazer a retirada deles e tirar um pró-labore reduzido mensalmente, sempre com a ajuda e análise de um contador especializado. Esse tipo de estratégia ajuda – e muito – na redução da carga tributária da empresa e faz com que seja possível realizar retiradas maiores, com até cerca de 20% a mais do que seria retirado como pró-labores.

Até mesmo empresas com sócios podem fazer essa análise e adiantar os lucros, diminuindo o pró-labores. Essa é uma atitude que vai ajudar na saúde financeira do negócio, porém, que deve ser realizada sempre com o aval do contador para evitar problemas com os fiscos – então, procure ajuda e diminua a incidência de impostos no que você retira como “salário” da sua empresa.

3- Ajudar na organização financeira

O planejamento tributário é muito útil na organização financeira, porque ele irá analisar a empresa de maneira completa, em todos seus aspectos. Essa é uma excelente oportunidade para colocar as contas em dias, realizar aprimoramentos na forma de fazer relatórios e garantir que a empresa fique mais organizada de forma geral.

Sem dúvidas, o planejamento tributário é algo importante para o seu negócio e irá impactá-lo de várias formas, tornando-o mais eficiente e pronto para enfrentar o dia-a-dia de uma maneira mais assertiva.

4- Evitar a bitributação

Por mais que muita gente acredite que não, existem muitos casos de bitributação em empresas pequenas, médias e grandes. Isso acontece porque o planejamento tributário não foi feito corretamente ou simplesmente não foi realizado, já que é comum que os empresários pensem que ele é dispensável.

Aqui, a bitributação pode acontecer por inúmeros fatores, como o pagamento de tributos para municípios, por exemplo, que já foram pagos para a União – entre outros casos. Então, a dica é realizar o planejamento tributário de forma minuciosa para garantir que todos os impostos pagos são realmente necessários – e não estão sendo pagos duas vezes por erro humano. Veja, os fiscos não vão te alertar quando algo assim acontecer, porque é comum que nem mesmo a Receita Federal se dê conta de um imposto pago duas vezes, logo, cabe à empresa tomar esse cuidado e garantir que está fazendo tudo da melhor maneira possível.

Gostou das dicas de hoje? Não deixe de visitar nosso blog semanalmente para mais dicas como essas e compartilhe o texto nas redes sociais com seus amigos e familiares. Além disso, se precisar de um bom planejamento tributário, nos procure para que possamos te ajudar – temos em nossa equipe pessoas extremamente qualificadas para esse tipo de serviço. Até a próxima!

Fale com o consultor, é grátis :)