Mostrar Aviso
Compartilhe:

Dicas para pagar menos impostos!

Pagar menos impostos é essencial para quem tem um negócio, seja ele pequeno ou grande. Estima-se que o gasto com tributos variados pode ser até 20% menor em alguns casos devido a um bom planejamento tributário, que faça sentido para sua empresa e que esteja totalmente dentro da lei.

Abaixo, separamos dicas que podem ajudar os empresários a diminuir um pouco o que é pago com impostos de maneira geral. Veja se você levou em consideração o que vamos explicar e saiba se ainda é possível reverter a quantidade de impostos pagos pelo seu negócio. Veja!

5 dicas para pagar menos impostos

Separamos abaixo 5 dicas que podem te ajudar muito a pagar menos impostos, sem que isso signifique agir com algum tipo de sonegação. As dicas que vamos dar são todas voltadas para empresários que desejam diminuir a carga tributária de forma legalizada e respeitando as regras da Receita Federal!

1- Veja se o seu enquadramento tributário está correto

Sem dúvidas, um dos maiores causadores do excesso de impostos é o enquadramento incorreto das empresas. De maneira geral, você pode se enquadrar em 3 tipos de regimes tributários:

  • Simples Nacional:

O Simples Nacional, como o nome diz, é um Regime Tributário bastante simples e que pode ser pago em uma única guia. Por esse motivo, a maioria das empresas pequenas se beneficia com ele e acaba dando preferência para se enquadrar dessa forma.

Porém, mesmo que o Simples Nacional seja indicado para muitas empresas pequenas, nem sempre isso se enquadra na sua empresa em si. Então, sempre fale com o contador para que ele te ajude nesse sentido.

  • Lucro Presumido:

O Lucro Presumido é um tipo de Regime Tributário que leva em conta uma ideia de presumir o lucro para, então, calcular os impostos em cima dela. Esse é um regime tributário que pode valer a pena para empresas médias e até mesmo pequenas, dependendo da situação de cada uma.

  • Lucro Real:

Já o Lucro Real leva em conta, como o nome mesmo indica, o lucro total da empresa. É um tipo de regime tributário mais indicado para empresas maiores, que possuem mais detalhes de contabilidade. Ele costuma valer a pena e ajudar a economizar no pagamento dos impostos, porém, é um tipo de regime tributário mais complicado, que possui necessidade de uma contabilidade muito detalhada, ou seja, para empresas pequenas, ele não costuma ser vantajoso devido à complexidade.

Dependendo de cada empresa, o enquadramento tributário será diferente e isso impacta diretamente na forma como os impostos são pagos. Por exemplo: apesar do Simples Nacional ser um regime muito escolhido por negócio pequenos, nem sempre ele é a melhor opção, afinal, pode ser que sua empresa tenha mais benefícios em optar pelo lucro presumido.

Tudo é relativo nesse sentido e o ideal é sempre procurar um contador que possa te ajudar a encontrar o enquadramento tributário mais adequado para o seu caso.

2- Procure um contador especializado em planejamento tributário

Para conseguir pagar menos impostos, se caso você já tem a empresa aberta e sente que está pagando mais do que deveria, a dica é procurar um contador que te ajude a encontrar a melhor opção para o seu caso em específico.

O ideal é que o contador seja especialista em planejamento tributário, assim, ele conseguirá encontrar a solução mais indicada sem colocar sua empresa em uma situação de dívida com os fiscos.

3- Entenda como funciona a cobrança de impostos

Mesmo tendo um contador de confiança, é essencial para o empresário saber um pouco mais sobre como funciona a cobrança de impostos, até mesmo para entender se a sua contabilidade realmente vem fazendo um bom trabalho, que ajude a empresa ou se é preciso trocar de profissional.

A dica é pesquisar na internet, fazer cursos, buscar informações confiáveis e sempre fazer perguntas para o seu contador. Veja se ele tem algum plano de ação para diminuir os seus impostos e qual seria a maneira mais efetiva de fazer isso sem que haja um problema com os fiscos.

Conclusões

No geral, a diminuição de impostos é algo totalmente possível, porém, que exige um bom planejamento tributário e cuidado para que ela valha a pena. Procure ajuda de um especialista e veja qual a melhor maneira de fazer isso. Em alguns casos, apenas uma readequação do Regime Tributário ou mesmo uma análise de tudo que vem sendo pago já é suficiente para haver uma boa mudança.

Vale lembrar, também, que profissionais liberais pagam até 20% a mais de impostos do que um empresário. Então, se você ainda trabalha como autônomo ou como profissional liberal, abrir uma empresa já irá ajudar muito na diminuição da sua carga tributária paga mensalmente ou mesmo na própria nota fiscal.

Gostou das dicas de hoje? Nos procure para tirar suas dúvidas e realizar um planejamento tributário em Florianópolis. Até a próxima!

Fale com o consultor, é grátis :)