Mostrar Aviso
Compartilhe:

Dentista – Ser profissional liberal ou empresário?

É bastante comum que dentistas tenham dúvidas sobre qual o melhor enquadramento empresarial devem adotar. Em muitos casos, quando se formam, esses profissionais atuam como liberais, pagando altos impostos aos fiscos e continuando como pessoa física que presta serviços a clínicas ou hospitais. Mas, será que essa é mesmo a melhor maneira de atuar? Ou será que é mais vantajoso se tornar um empresário, abrindo uma empresa de acordo com o seu faturamento anual?

Abaixo, trouxemos algumas vantagens em se manter como profissional liberal e também as vantagens em abrir uma empresa para atuar como dentista. Veja e descubra o que vale mais a pena no seu caso em específico!

As vantagens e desvantagens de ser profissional liberal ou empresário no caso de dentistas

Sem mais delongas, vamos explicar de maneira simples e direta quais são as principais vantagens e desvantagens das duas opções mais comuns de atuação dos dentistas formados: profissional liberal ou empresário. Você vai entender melhor quais as diferenças entre eles e qual você deve optar para garantir mais economia e facilidade. Veja!

1- Vantagens em ser um dentista empresário

Vamos começar falando um pouco sobre as vantagens em ser um dentista empresário. Antes de mais nada, vale dizer que, para abrir uma empresa como dentista, você tem uma série de opções, como:

  • ME: A Microempresa é uma boa solução para dentistas que ainda possuem um faturamento aumentando aos poucos. Nesse enquadramento, a empresa deve faturar até R$360.000 por ano. Após passados alguns meses, se houver necessidade, o empreendedor pode desenquadrar e aumentar sua margem de faturamento.
  • EPP: Esse é um enquadramento ideal para dentistas que já estão faturando mais, já que o seu limite é de R$4 milhões ao ano. Também é ideal para quem possui sócios e deseja abrir uma clínica, com funcionários e outros dentistas trabalhando nela.

Vale lembrar que o dentista não se enquadra no MEI, justamente por ser um profissional liberal e, por isso, possuir registro em órgãos específicos e não estar na lista de empresas permitidas pelo enquadramento. Mas, agora vamos falar das vantagens em abrir uma empresa como dentista. São elas:

  • Você economiza muito com os impostos. Em média, gasta-se 20% menos com impostos sendo um empresário do que sendo um profissional liberal. Isso é importante para quem está começando e quer economizar.
  • Como empresário, é possível crescer e expandir os seus negócios. Isso significa poder contratar funcionários, abrir filiais, ter sócios e um espaço físico devidamente legalizado para atuar mais do que apenas como profissional, mas como empresa.
  • Você terá mais crédito na praça ao abrir um negócio e poderá contar com juros mais baixos para financiamentos e empréstimos, caso seja necessário para conseguir mais oportunidades de negócio. Pagar menos juros e ter acesso ao crédito é fundamental para quem quer expandir a empresa.

2- Vantagens em ser um dentista profissional liberal

Agora, vamos falar um pouco sobre as vantagens de ser um dentista profissional liberal. Apesar de financeiramente não ser interessante, ainda assim há algumas vantagens que valem ser citadas, como:

  • Você não terá que se preocupar em correr atrás do dinheiro inicial para abrir uma empresa, algo que costuma ser o impeditivo para muitos dentistas que ainda estão no começo da atuação. Porém, vale sempre conversar com um contador experiente, já que hoje em dia existem enquadramentos que não exigem um valor alto de capital de giro. Seja como for, como profissional liberal não é preciso dispor de dinheiro para se formalizar e isso pode ser interessante para profissionais que estão se formando agora.
  • Também não é preciso se preocupar com sociedade ou mesmo com o ônus que uma empresa traz, como a necessidade de ter um espaço físico próprio para trabalhar. Aqui, também vale dizer que você pode ser um empresário e atuar em outros espaços, como é o caso de dentistas PJ que atuam em clínicas parceiras.

Essas são algumas das vantagens em ser um dentista profissional liberal. Apesar de ser mais caro, muita gente opta por esse enquadramento para evitar o trabalho. Mesmo assim, é importante procurar um contador parceiro para saber se, no seu caso, está sendo mais interessante continuar atuando dessa forma ou se é melhor abrir uma empresa.

Então, qual escolher: profissional liberal ou empresário?

Para finalizar este texto, vamos trazer uma ideia geral do que vale mais a pena para dentistas, se é ser profissional liberal ou empresário. Veja abaixo algumas informações interessantes:

  • Se você está começando, pode ser legal abrir uma empresa menor, como a ME. Ela é uma boa opção, porque paga-se menos impostos do que como profissional liberal e ainda não há a necessidade de se ter obrigatoriamente um valor alto de capital de giro para começar.
  • Caso você já atue como profissional liberal, é importante observar seu faturamento anual. Quem tem um faturamento muito alto pode estar gastando muito com impostos porque eles são calculados diretamente na NF. Então, nesses casos, é importante ligar para um contador experiente para que ele analise os números e veja se não é mais interessante abrir uma empresa.
  • Em todos os casos, mesmo que seja preciso um esforço inicial para abrir a empresa, ainda é mais vantajoso financeiramente fazer isso do que continuar como profissional liberal. A dica é deixar a cargo do contador a parte burocrática, evitando ter um trabalho muito grande com a transição.
  • Para quem acabou de se formar, ser profissional liberal acaba sendo uma boa opção no início. Mesmo assim, a ajuda do contador é fundamental!

Gostou das dicas de hoje? Compartilhe nas redes sociais com seus amigos e familiares!

Fale com o consultor, é grátis :)